A segurança de dados é cada vez mais relevante para o bom funcionamento de um negócio.

Mais do que simples arquivos, os dados corporativos são fontes de informação para a gestão, pois permitem análises estratégicas para o crescimento dos negócios. 

Por conta do valor agregado dos dados corporativos, o roubo ou sequestro de informações tornou-se um negócio lucrativo para criminosos digitais. Esses hackers utilizam técnicas e algoritmos cada vez mais sofisticados.

Por isso, se a empresa não tiver as ferramentas de barreira, pode cair em truques como phishing, e-mails falsos, vírus, ataques ransomwares e outras formas de investida.

Neste post, você vai conhecer algumas práticas para implementar a segurança de dados em sua empresa. veja o que preparamos abaixo:

1) Mantenha os softwares atualizados

As atualizações dos softwares não são feitas, apenas, para acrescentar novas funcionalidades. Mas, também, corrigir qualquer tipo de vulnerabilidade que possa colocar em risco o usuário e a infraestrutura.

Os hackers encontram facilmente essas vulnerabilidades quando o seu alvo está com um software ou drive desatualizado, agindo diretamente nas vulnerabilidades que seriam consertadas na versão nova.

Por isso, a melhor forma de evitar essas brechas é manter todos os softwares e drives atualizados.

2) Invista em backup

Por melhores que sejam as ferramentas, não existe sistema 100% seguro!

Logo, é importante que a empresa tenha um plano “B” caso haja um problema irreversível com os seus dados. A melhor forma de prevenir é contar com um backup e um sistema de recuperação para desastres.

Os backups precisam ser regulares e, se possível, automatizados para garantir que haja um ponto de recuperação dos dados o mais próximo possível do acontecimento e a empresa não tenha grandes perdas.

3) Adote a nuvem como ferramenta estratégica

A nuvem é um investimento que ajuda a reforçar as políticas de segurança da informação, pois permite uma gestão mais simplificada e um maior controle sobre os recursos disponibilizados para cada máquina.

Com a centralização no servidor em nuvem, junto à utilização de um sistema de gestão que automatize os processos, as políticas de segurança poderão ser aplicadas a todos os usuários com apenas alguns cliques, criando uma padronização.

4) Tenha uma equipe engajada

É importante fazer com que os colaboradores entrem na mesma sintonia em relação à proteção dos dados corporativos, entendendo-os como um ativo importante para a empresa como um todo, e não só o setor de TI.

Por isso, as questões elaboradas nas políticas de segurança devem ser claras, principalmente os critérios técnicos. Ainda, é necessário realizar um treinamento com todos os profissionais para normatizar as novas condutas.

5) Implemente políticas de segurança de dados

Mais do que fazer ações pontuais, é importante que haja uma política sólida, com as diretrizes de segurança que os colaboradores terão que seguir. Isso organiza e padroniza as novas condutas necessárias.

Logo, para te ajudar a seguir todos os processos de segurança, você pode contar com a ajuda de um software inteligente para garantir que todas as suas informações e dados confidenciais estejam seguros.

6) Implemente Impressão segura

Soluções de gerenciamento inteligente de impressão e impressão segura irão te ajudar a manter sua empresa mais segura, evitando que documentos impressos sejam roubados ou enviados para concorrentes.

Com software de impressão segura, os documentos ficam retidos no servidor de impressão e só são liberados quando o usuário se autenticar na impressora por cartão, senha ou biometria.

Atualmente, existem algumas opções de software de impressão segura no mercado, que podem te ajudar a garantir a segurança dos dados da sua empresa, como, por exemplo, o Safe Print.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*